Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Elano admite estar ansioso para a reestreia com a camisa santista

"Não vejo a hora de chegar logo o jogo para eu poder atuar novamente pelo Santos", disse o meio-campista

Gazeta |

Após ter a sua situação regularizada e o seu nome inscrito na Federação Paulista de Futebol, o meia Elano prepara-se para a sua reestreia com a camisa do Santos. O jogador, que treinou como titular no tático comandado pelo técnico Adilson Batista nesta terça-feira, no CT Rei Pelé, está confirmado na equipe que irá enfrentar o Mirassol, nesta quarta, às 19h30 (horário de Brasília), no Pacaembu, pela segunda rodada do Campeonato Paulista.

"Não tem como não estar ansioso, por mais experiência que eu tenha. A ansiedade existe, sim. Não vejo a hora de chegar logo o jogo para eu poder atuar novamente pelo Santos. Vai ser um momento diferente, de muita alegria para mim", contou Elano.

O meia, contratado como o principal reforço do Peixe para a disputa da Copa Libertadores da América, junto ao Galatasaray (Turquia), espera reestrear com vitória. "Joguei quatro anos no Santos, mas faz parte do passado, apesar de uma história presente na vida dos torcedores santistas e na minha também. Estou retornando para mais três anos no Santos e vou me doar, me entregar ao máximo. Para isso, nada melhor do que começar com o pé direito. Quero conquistar muitas coisas nesses três anos que vou ficar aqui", destacou.

Apesar da sua forte identificação com o clube, no qual foi duas vezes campeão brasileiro em sua passagem (2002 e 2004), Elano sabe que terá de corresponder dentro de campo às expectativas depositadas pela torcida no seu futebol.

"A cobrança sempre existe. Quando eu subi para o profissional do Santos em 2000, 2001, tinha torcedor invadindo o campo e soltando rojão no nosso pé. Depois disso, não tenho nada para reclamar, pois foram anos de grandes conquistas que eu espero dar continuidade agora. Se não ganharmos, os torcedores vão cobrar mesmo. Isso é natural. Por isso, foi importante começar vencendo. Temos que dar continuidade ao trabalho para que os resultados continuem acontecendo", concluiu.

Leia tudo sobre: SantosCampeonato Paulista 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG