Tamanho do texto

Técnico recebeu uma partida de suspensão por causa de uma expulsão, mas está liberado por enquanto

O departamento jurídico do Avaí conseguiu obter um efeito suspensivo para o técnico Alexandre Gallo, que poderá comandar a equipe ao lado do campo no duelo deste sábado, contra o Cruzeiro, em Uberlândia, válido pelo Campeonato Brasileiro.

Gallo recebeu uma partida de suspensão por causa de uma expulsão no dia 17 de julho, em jogo contra o Atlético-GO, no Serra Dourada. O árbitro daquela partida era Heber Roberto Lopes, que especificou na súmula os motivos por ter excluído o treinador.

De acordo com Heber, Alexandre Gallo foi expulso aos 20 minutos do segundo por insistir em reclamar com a arbitragem desde o primeiro tempo. De acordo com o documento, ele ignorou as advertências feitas pelo juiz no primeiro tempo e insistiu com a indisciplina na etapa final.

A Primeira Comissão Disciplinar do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), responsável pela decisão, inicialmente julgou o comandante no artigo 258 (assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva) do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva). Gallo poderia pegar de uma a seis partidas de suspensão. O comandante será julgado novamente para que a pena definitiva seja imposta.