Boa fase do zagueiro vascaíno rendeu homenagens e divertidas brincadeiras no mundo virtual

A temporada do Vasco em 2011 tem um nome: Dedé . Além de ter sido o craque dentro de campo, fora das quatro linhas foi o jogador que mais movimentou as redes sociais e as ações de marketing do clube. De Mito a Dedeckenbauer, Dedé foi homenageado com camisas e fotomontagens que “bombaram” na internet.

Confira os momentos mais marcantes do Brasileirão

Talvez a mais ousada mostra o zagueiro vascaíno marcando ninguém menos que o Rei Pelé em um imaginário jogo contra o Santos. Em alta, vindo de uma vitória sobre o mesmo Santos, mas o de Neymar, o texto provocava o Atleta do Século: “Esperto foi o Pelé, que jogou quando não tinha o Dedé”.

Diego Souza usa camisa em homenagem ao zagueiro Dedé
Hilton Mattos
Diego Souza usa camisa em homenagem ao zagueiro Dedé
Em outra arte, o zagueiro era comparado ao ex-jogador, técnico e manager alemão Beckenbauer. A gozação vascaína foi parar nas arquibancadas, e logo ele passou a ser chamado de Dedeckenbauer.

VEJA TAMBÉM: Cristóvão adota humildade e diz esperar por Ricardo Gomes

As brincadeiras dão a dimensão da popularidade e do carisma do zagueiro hoje em São Januário. Eleito por dois anos seguidos o melhor da posição no Campeonato Brasileiro e hoje integrante na lista de Mano Menezes na seleção, Dedé dá boas risadas, mas não se considera um herói.

VEJA MAIS: Empresário nega retorno de Anderson Martins ao Vasco

“Acho que estou prestigiado. Nada além disso. Não me sinto e nem quero me sentir assim. Quero ser simples, fazer as coisas que estou acostumado sem mudar meus hábitos”, diz o zagueiro.

No fim do ano, o Vasco e o fornecedor de material esportivo mandaram confeccionar duas camisas para o zagueiro. Uma com o apelido de Mito e o número 26, usada por ele nos jogos. E outra com a foto dele estampada ao lado do nome do clube.

Dedé em montagem marcando o Rei Pelé
Divulgação
Dedé em montagem marcando o Rei Pelé
Por tudo isso, o Vasco sabe que não será fácil segurar o zagueiro por mais muito tempo em São Januário. Dedé tem contrato com o clube até 2014. O diretor-executivo Rodrigo Caetano assegura a permanência dele até a disputa da Libertadores.

Siga o Twitter do iG Vasco e receba notícias do time em tempo real

Depois disso, e diante do assédio europeu, o esforço será grande, tanto que o dirigente não descarta reajuste salarial para forçá-lo a permanecer no clube.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.