Dirigente atleticano volta a descarta troca de treinador e garante que a multa contratual é muito alta

O diretor de futebol do Atlético-MG , Eduardo Maluf, vez questão de jogar água no chopp do Internacional , que vinha ventilado a contratação do técnico Dorival Júnior . Depois de demitir Falcão, o clube gaúcho passou a mirar o treinador atleticano e a cogitar a possível volta de Celso Roth para a Cidade do Galo, situação desmentida pela cúpula alvinegra.

Siga o Twitter do iG Atlético-MG e receba as notícias do time em tempo real

"Se o Inter pagar a multa e o Dorival Júnior quiser ir para o Inter, aí sim, ele deixará o Galo. Mas, ele já deu provas de que quer continuar, para tirar o Atlético-MG dessa situação. Inclusive, rejeitando propostas de outros clubes", declarou o cartola atleticano, que também garantiu que o valor divulgado pela rescisão contratual de Dorival Júnior de cerca de R$ 1,5 milhão não corresponde à realidade.

Entre para a Torcida Virtual do Atlético-MG e convide seus amigos

"O valor divulgado não é esse da rescisão. Se fosse, vocês me conhecem, eu diria que estava certo, mas não está. Só não vou divulgar qual é", disse Maluf, que voltou a frisar que Dorival só sai do Atlético-MG se quiser. Dessa forma, o Inter deve partir para o plano B, que inclui Cuca e Dunga como possíveis substitutos de Falcão.

Apesar de não querer dar entrevistas sobre o assunto, o comandante atleticano deixou claro que sempre cumpre os contratos, e que por isso, não está disposto a ouvir propostas para deixar o Atlético-MG. O treinador também garantiu que não foi procurado por ninguém ligado ao time de Porto Alegre.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.