Brasileiro naturalizado croata, o atacante foi fundamental para a vitória sobre Israel nas eliminatórias da Euro 2012

AFP
Croatas comemoram o terceiro gol, marcado por Eduardo Silva, na vitória por 3 a 1

Na tarde desta terça-feira, o brasileiro naturalizado croata, Eduardo da Silva, saiu do banco e foi fundamental na vitória da Croácia sobre a seleção de Israel, pelo placar de 3 a 1, em partida válida pelas eliminatórias da Eurocopa 2012.

A torcida presente no Estádio Maksimir, em Zagreb, acompanhou um duelo que teve os mandantes pressionando durante todo o primeiro tempo, sem surtir efeito. Quando todos imaginavam que os times iriam para o vestiário sem balançar as redes, Hemed surpreendeu e abriu o placar para Israel aos 44 minutos.

Em caso de derrota, os croatas perderiam a chance de liderar o Grupo F e ainda permitiriam que o adversário ficasse distantes apenas um ponto da vice-liderança, que lhe pertencia até o início do duelo. Desta forma, o técnico Slaven Bilic fez duas mudanças: colocou Dujmovic e Eduardo, que ainda não havia marcado nas eliminatórias, em campo.

A estrela do brasileiro foi essencial para o triunfo da seleção da casa. Logo aos dois minutos da segunda etapa, Luka Modric empatou o duelo. Alguns minutos depois, o jogo estaria resolvido: aos seis, Ben Haim era expulso e Israel teria de administrar o resultado com um jogador a menos. Não conseguiu. Com dois gols, aos dez e 12 minutos, Eduardo da Silva desencantou depois de seis jogos e tranqüilizou a seleção e os torcedores da Croácia, dando números finais ao jogo: 3 a 1.

Com o resultado, os croatas chegam aos 19 pontos e dependem de uma derrota da Grécia para assumir a liderança isolada da chave. Já Israel estaciona na terceira colocação, com os mesmos 13 pontos que começou a rodada.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.