Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Eduardo Arroz é expulso em treino da Ponte, mas escapa de punição

"Acabou acontecendo um bate-boca, mas o Arroz já foi repreendido. É um bom menino", disse Gilson Kleina

Gazeta |

O lateral direito Eduardo Arroz foi expulso do treino desta terça-feira, mas não será punido pela comissão técnica da Ponte Preta. O jogador discutiu com o auxiliar técnico Jair Leite e foi excluído da atividade por Gilson Kleina, mas irá para a concentração em Jarinu, visando as quartas de final do Paulistão, contra o Santos.

O desentendimento aconteceu quando Leite repreendeu um grupo de jogadores que faziam embaixadas atrás de um dos gols durante um trabalho em campo reduzido. Ele não recebeu bem o pedido para que a brincadeira fosse encerrada, discutiu com o auxiliar e acabou expulso.

"É uma situação isolada. Acabou acontecendo um bate-boca, mas o Arroz já foi repreendido. Tirei o jogador do treino, mas isso não quer dizer que esse assunto será levado adiante. Ele é um bom menino e vai viajar para Jarinu", minimizou o técnico Gilson Kleina.

A delegação campineira embarca para Jarinu nesta quarta-feira, onde ficará até sábado, data da partida contra o Santos, às 16 horas (de Brasília), na Vila Belmiro.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG