Zagueiro e capitão disse que é importante o artilheiro do Brasileirão ser "blindado" e ficar no Santos

Borges é o artilheiro do Campeonato Brasileiro, com 16 gols, e por conta disso, o seu nome já começa a ser pedido em futuras convocações da seleção brasileira . Mas, no Santos , a ideia de seus companheiros não é fazer propaganda do futebol do centroavante para que ele seja lembrado pelo técnico da seleção, Mano Menezes. Segundo o zagueiro e capitão da equipe, Edu Dracena, o melhor no momento é deixar o camisa 9 jogando e balançando as redes.

"Deixa ele aqui, que a propaganda do Borges já está sendo feita. Ele tem feito o seu próprio marketing. Deixa ele aqui fazendo os gols dele", disse Dracena, temeroso que um excesso de promoção do futebol de Borges desperte o interesse de outros clubes na contratação do centroavante, ao final da temporada.

[]

"Não dá para 'vender' o trabalho do Borges, se não pode chegar alguém e tentar tirá-lo daqui. E esperamos que ele permaneça no Santos por muito tempo. Vamos fazer de tudo para segurá-lo, mesmo que haja muito assédio. Vamos blindá-lo", comentou o defensor.

Em relação à boa fase vivida por Borges na Vila Belmiro, Edu Dracena acredita que não só a qualidade dos jogadores do Santos, como o ambiente encontrado pelo centroavante no clube, o ajudaram a ter um desempenho tão positivo neste Brasileirão.

"Todo o atleta que chega hoje aqui é muito bem recebido. Os jogadores chegam em um dia e no outro parecem que estão aqui há muito tempo. E o Borges é um cara espetacular, do bem, experiente e que tem nos ajudado muito também fora de campo. Já dentro de campo, ele vem resolvendo pelo número de gols que tem marcado", encerrou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.