Equipe precisa de apenas um empate fora de casa contra a Chapecoense para ficar com o título catarinense

O técnico do Criciúma , Edson Gaúcho, declarou após os treinamentos no estádio Heriberto Hülse, que se não houver nenhum problema entre os jogadores do seu elenco, a equipe do Criciúma que entrará em campo no domingo, na partida de volta da final do Campeonato Catarinense, deve ser a mesma que venceu a primeira partida.

Embora o discurso oficial se esse, durante os treinamentos, Gaúcho realizou diversas modificações na equipe. Ao ser questionado sobre isso, o treinado disse que essas mudanças não interferem na formação da equipe que iniciará a partida jogando, mas nas substituições que fará durante a partida.

O Criciúma vai ao Estádio Regional Índio Condá neste domingo, às 16h (de Brasília) enfrentar a Chapecoense, pela segunda partida da final do Campeonato Cearense. Como venceu o primeiro jogo, o Tigre precisa apenas de um empate para faturar o título.

64 anos
O Criciúma Esporte Clube comemora 64 anos de sua fundação nesta sexta-feira, 13 de maio. O clube, que foi fundado com o nome de Comerciário, passou por momentos distintos durante a sua história, chegando ao auge com a vitória da Copa do Brasil, de 1991, e a disputa da Libertadores, em 1992.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.