Volante foi titular contra o São Paulo e disse que o seu time perdeu o jogo em 15 minutos

A vitória por 2 a 1 em Fortaleza, no jogo de ida, e o empate sem gols que conseguiu segurar até os 11 minutos do primeiro tempo classificavam o Ceará às oitavas de final da Copa Sul-Americana. No entanto, o São Paulo marcou três gols seguidos e acabou com o sonho do adversário, para tristeza do experiente volante Edmílson, revelado justamente pela equipe paulista.

"A gente fez um bom primeiro tempo e o São Paulo quase não teve oportunidade. Mas em 15 minutos acabamos sofrendo três gols e perdendo a eliminatória", lastimou à 'TV Globo' o pentacampeão, que nesta noite encontrou dois antigos companheiros de seleção brasileira em 2002: o goleiro Rogério Ceni e o meia Rivaldo.

A equipe nordestina agora volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro. Domingo, às 16 horas (de Brasília), no Presidente Vargas, tem clássico regional contra o Bahia, no encerramento do primeiro turno da competição.

"O trabalho do Ceará tem sido bem feito há dois anos com o Evandro (Leitão, presidente do clube). O grupo é bom e sabíamos a dificuldade de disputar duas competições ao mesmo tempo. Infelizmente não vamos dar essa alegria para a torcida do Vozão", acrescentou.

No momento, o time ocupa a 13ª colocação no Brasileirão, o que garantiria vaga à Copa Sul-americana do ano que vem. "Esperamos ficar na primeira divisão e ano que vem disputar essa competição de novo".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.