Técnico da Bolívia, Gustavo Quinteros, já confirmou até que o brasileiro será incluído na delegação

O atacante brasileiro Edivaldo, ex-Atlético-PR, teve sua nacionalidade boliviana reconhecida oficialmente e poderá disputar a Copa América pelo país de Evo Morales, informou o porta-voz da Direção Nacional de Migração da Bolívia, Alaín Gonzales.

Filho de boliviana, Edivaldo atuou pela seleção nos recentes amistosos contra o Paraguai, mas para ser convocado para disputar a competição sul-americana precisava dos documentos do país que vai defender.

O técnico da Bolívia, Gustavo Quinteros, confirmou que o brasileiro será incluído na delegação que viajará amanhã a Buenos Aires para continuar a preparação antes da estreia contra a Argentina na Copa América. Edivaldo, que joga no futebol português pelo Naval, foi revelado pelo Atlético-PR e teve passagens, por empréstimo, por Ferroviária, Figueirense e Guaratinguetá.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.