Projeto de concessão está avançando, diz secretária. Empresa que cuidará da administração do estádio será escolhida até o final de 2012

Secretária de Esportes prevê que novo operador seja escolhido antes de término das obras
AE
Secretária de Esportes prevê que novo operador seja escolhido antes de término das obras
A secretária estadual de Esportes e Lazer do Rio de Janeiro, Márcia Lins, afirmou nesta sexta-feira (16) que o edital de concessão do Maracanã à iniciativa privada vai ser lançado até o meio deste ano. O cronograma, segundo ela, prevê ainda que o concessionário seja escolhido até o final de 2012.

Atualmente, está aberto o prazo para a apresentação de projetos de uso do estádio, que sediará a final da Copa do Mundo de 2014 e as cerimônias de abertura e encerramento das Olimpíadas Rio 2016.

Leia também:  Donos de cativas do Maracanã terão direitos mantidos após obras

“O projeto de concessão está avançando. Quando o Maracanã ficar pronto em 28 de fevereiro (de 2013), o operador escolhido já poderá fazer a operação tecnológica que o estádio vai requerer”, disse Márcia Lins, durante um seminário de gestão esportiva da Fundação Getúlio Vargas (FGV), no Rio de Janeiro.

Entre os interessados na concessão do Maracanã está o grupo EBX, do empresário Eike Batista . O projeto do novo estádio prevê a transformação do local em uma arena multiuso, com infraestrutura para receber espetáculos e construção de áreas de lazer para a família, lojas e praça de alimentação.

Confira ainda: ‘Estou no páreo’, diz Eike Batista sobre licitação do Maracanã

De acordo com a secretária, o repasse da administração do Maracanã à iniciativa privada não vai alterar a prioridade de utilização da arena pelos quatro grandes clubes do Rio – Flamengo , Fluminense , Vasco e Botafogo . As regras vão constar no edital de concessão, informou Márcia Lins.

“Os primeiros projetos que serão apresentados pelos consórcios participantes já vão dar uma ideia de uso. O melhor formato vai ser utilizado para formular o edital de concessão. Certamente, o Maracanã continuará sendo a casa dos clubes cariocas”, garantiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.