Mala branca do Fluminense é maior - Futebol - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Edinho: Mala branca do Fluminense é maior

Ex-zagueiro tricolor comparece ao clube nas eleições e dá de ombros para suspeitas de ¿doping financeiro¿ para o Guarani, adversário de domingo, no Engenhão

Vicente Seda, iG Rio de Janeiro |

Considerado pelos torcedores um dos maiores zagueiros da história tricolor, Edinho, hoje técnico, não foi campeão brasileiro pelo clube, em 1984, mas estará no Engenhão no domingo para ver, da arquibancada, o jogo contra o Guarani, no qual o Fluminense é favorito para confirmar o seu bi. Ele fez parte das duas versões da equipe conhecida como Máquina Tricolor e falou sobre uma possível mala branca do Corinthians ao time de Campinas. Não fez cerimônia:

A mala branca já existe, pagando bicho, pagando premiação... O Fluminense por exemplo terá uma mala branca, uma premiação pelo título, isso é uma motivação certamente maior do que a do rival que deve receber uma mala branca muito menor. No fundo são 11 contra 11 e o Fluminense já mostrou que é melhor, disse Edinho.

 O ex-jogador disse ainda que a manutenção de Muricy Ramalho no comando do time, apesar do convite da CBF, foi decisivo para que o time se mantivesse na liderança. Ainda assim, ele não deixou de dar uma alfinetada no treinador sobre o convite da CBF quando indagado se a decisão do Fluminense, de não liberar Muricy, teria sido antipática, porém necessária.

Antipática e antiética foi a atitude da CBF. Acho que foi antiético da CBF e até do próprio Muricy que deveria ter comunicado o fato no mesmo momento, disse Edinho, que não hesitou ao responder sobre a zaga atual. Apesar dos altos e baixos durante o Brasileiro, ele destacou a importância também ofensiva dos defensores, com gols que ajudaram na campanha tricolor. Não pode ver apenas o momento em que falha, também tem de ver quando o time consegue furar a defesa adversária com um gol de cabeça dos seus defensores, o que já se comprovou ser um ponto forte do Fluminense neste campeonato.

Para Edinho, o Fluminense prevaleceu em função do alto investimento, a contratação de uma comissão técnica vencedora, e o baixo nível do Campeonato Brasileiro. O melhor técnico, para ele, tem de ser Muricy.

Acho que o campeonato teve um nível muito mais baixo em relação aos anos anteriores e o Fluminense prevaleceu com os jogadores que contratou. Tem o lado inverso do futebol, porque a gente pega sempre melhores condições aos atletas para executar o trabalho em si, mas aqui (na sede das Laranjeiras) infelizmente nem estacionar carro você consegue. Prevaleceu o investimento, o treinador vencedor e os jogadores de alto nível, porque a estrutura não ajuda.  O melhor técnico é o que vence e o Muricy já mostrou que é um vencedor, concluiu.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofluminensefutebol

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG