Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Eder Luis defende jejum de Diego Souza no Vasco

Recuperando-se de fratura no pé, atacante admite estar abaixo dos companheiros técnica e fisicamente

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro |

Diego Souza não balança a rede há cinco rodadas. Seu último gol em jogos oficiais foi no empate por 1 a 1 com o Libertad, no Paraguai, pela Copa Libertadores . Desde então, passou em branco nas partidas pelo Campeonato Carioca. Quarta-feira, até deixou o seu na goleada de 9 a 1 contra o Barcelona-EQU, na despedida de Edmundo. Por ser um jogador que vez por outra tem altos e baixos dentro de uma mesma competição, tem surgido críticas ao seu desempenho. Mas o atacante Eder Luis parte em defesa do companheiro.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

“Isso é normal. A gente se acostuma a ver um jogador marcando sempre. E acha que ele fará gol em todas as partidas. De repente, ele passa um tempo sem fazer, e todo mundo cai em cima. Não é assim. Tem que ter paciência. E o Diego tem crédito por tudo aquilo que já fez aqui no Vasco”, discursou Eder Luis, que também deixou sua marca no amistoso do adeus do Animal.

Hilton Mattos
Eder Luis já marcou duas vezes este ano
Eder fraturou o pé esquerdo na penúltima rodada do Brasileiro. Depois de ficar três meses sem correr, volta ao time gradativamente. O atacante admite estar longe da forma ideal. Além, claro, de seu condicionamento físico não estar no nível dos companheiros.

O atacante voltou contra o Olaria, pelo estadual. Marcou gol, mas não ganhou de vez a posição. O técnico Cristóvão Borges tem apostado em William Barbio ao lado de Alecsandro no ataque: “Sempre vai haver dores, fiquei três meses sem sequer correr. Para um atleta isso representa muita coisa. Mas, aos poucos, vou ganhando confiança. E com o tempo foi colocar em prática o que se fazer.

Leia tudo sobre: vascoeder luisdiego souza

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG