Odebrecht conclui 32% das obras e dutos da Petrobrás já não estão no terreno do estádio corintiano

A Odebrecht anunciou nesta sexta-feira que finalizou a transferência dos dutos da Transpetro, subsidiária da Petrobras, que passam pelo terreno onde está sendo construído o estádio do Corinthians em Itaquera. A arena que receberá o primeiro jogo da Copa de 2014 já tem 32% das suas obras concluídas, informou a empresa.

Veja fotos das obras do futuro estádio corintiano em Itaquera



As duas linhas de dutos já operam normalmente no novo trajeto construído, mais distante de será o estádio, mas ainda no mesmo terreno, para evitar que o avanço das obras do estádio afetem as tubulações. Da mesma forma, a linha de fibras óticas que monitora os dutos, correndo paralelamente a eles, já foi transferida para o novo traçado. Todo o sistema foi previamente testado e aprovado pela Transpetro.

Em setembro, o Corinthians acordou com o Ministério Público e a Transpetro que assumiria todos os custos da remoção dos dutos. Em outubro, o clube anunciou que toda a operação sairia pelo valor de R$ 7 milhões e seria feito pela empresa SACS, credenciada junto à Transpetro.

Também já foram retiradas as tubulações antigas, o que permite à construtora executar serviços na faixa de terreno em que estavam instaladas, inclusive num dos extremos o prédio oeste. Os trabalhos de relocação e de retirada das linhas antigas não afetaram o cronograma das obras, que registram um avanço de mais de 32%, devendo ser concluídas até dezembro de 2013. Atualmente, quase 1.700 trabalhadores atuam nas obras do estádio corintiano, em três turnos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.