Técnico Geninho promoveu diversas mudanças no time baiano. Clube carioca é o lanterna da competição

Decepcionando seus torcedores até o momento na Série B do Campeonato Brasileiro , Duque de Caxias e Vitória se enfrentam nesta sexta-feira, às 21h (horário de Brasília), no Engenhão, em busca da reação. O confronto, válido pela quarta rodada, colocará frente a frente dois times que estão vindo de derrota e que ocupam a zona de rebaixamento. O representante da Baixada Fluminense, que segura a lanterna com apenas um ponto, perdeu por 2 a 0 para o Salgueiro , no Nordeste. Já o time baiano, que foi surpreendido em casa pelo Guarani e perdeu por 1 a 0 , soma apenas três pontos.

Alfredo Sampaio, técnico do Duque de Caxias, mostrou aos seus jogadores a importância de se ganhar dentro de casa, para assim começar a subir posições na tabela de classificação.

"Nós não tivemos a campanha que queríamos até o momento, mas acredito na evolução deste grupo e em seu poder de reação. Vamos em busca de um triunfo em nossa casa, o que vai nos dar uma maior tranquilidade", disse Sampaio, que deverá manter a formação que atuou na rodada passada.

Pelo lado do Vitória, o técnico Geninho também fala em reação: "Nós perdemos pontos importantes contra o Guarani e agora precisamos mostrar personalidade para recuperá-los como visitantes, apesar do respeito ao Duque de Caxias", afirmou o comandante do time baiano.

Irritado com o desempenho do time diante do Guarani, Geninho vai promover alterações na equipe. O lateral esquerdo Fernandinho e o volante Zé Luís vão estrear. O zagueiro Mauricio também vai ganhar uma oportunidade, formando dupla com Alison. O volante Uelinton foi barrado e dá vaga a Rodrigo Mancha, contratado do Botafogo.

FICHA TÉCNICA - DUQUE DE CAXIAS X VITÓRIA

Local: Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 10 de junho de 2011 (Sexta-feira)
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Emerson Ferreira (MG)
Assistentes: Celso da Silva (MG) e Pedro Dias Cotta (MG)

DUQUE DE CAXIAS: Fernando; Leonardo, Bruno Costa, Santiago e Paulo Rodrigues; Júlio Cesar, Leandro Teixeira, Tony e Erick Flores; Galvão e Somália Técnico: Alfredo Sampaio

VITÓRIA: Fernando; Nino, Maurício, Alison e Fernandinho; Zé Luís, Rodrigo Mancha, Jérson e Xuxa; Geovanni e Neto Baiano Técnico: Geninho

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.