Time carioca já estava rebaixado, mas ainda assim conquistou um ponto, que bastou para decretar também a queda do time goiano

O Vila Nova desperdiçou a chance de se manter vivo na Série B e acabou empatando por 1 a 1 com o Duque de Caxias , nesta terça-feira, em Volta Redonda. Com o resultado, os goianos foram carregados pelos fluminenses ao mesmo destino do Duque na próxima temporada: a Série C.

Os visitantes chegaram a abrir o placar no início do segundo tempo, com o zagueiro Álvaro, e ainda estavam com um jogador a mais em campo. Mesmo assim, sofreu o empate aos 31 minutos, em cobrança de falta de Erick Flores.

As duas equipes apenas cumprem tabela até o fim do campeonato. O Vila Nova vai receber a campeã Portuguesa no Serra Dourada, no sábado. Já o Duque de Caxias vai até Alagoas encarar o ASA.

O jogo
O Vila Nova, mesmo fora de casa, começou a partida buscando o ataque, pois precisava da vitória para seguir tendo alguma chance de permanecer na Série B. Os goianos quase abriram o placar logo com três minutos quando John Lennon cruzou e Túlio Souza perdeu chance incrível ao chutar na marca do pênalti por cima do gol de Fernando.

Os visitantes seguiam melhores, mas viam o Duque de Caxias tentar atacar. Só que o Vila Nova era quem criava as melhores chances e teve outra oportunidade de marcar aos 17 minutos. Leandro Cearense fez boa jogada individual e chutou para grande defesa de Fernando, que salvou os cariocas.

Após o início de domínio, o Vila Nova deixou o Duque de Caxias equilibrar as ações. As duas equipes tentavam o ataque, mas paravam na marcação adversária. Com isso, o jogo diminuiu de ritmo, sem chances de gol. Somente aos 39 minutos que os caricoas tiveram sua primeira oportunidade. Abedi foi lançado na área, mas Michel Alves se jogou para impedir a finalização do atacante.

Nos minutos finais, o panorama da partida não mudou e as duas equipes foram para o intervalo com a igualdade no placar. Para o Vila Nova, o resultado colocava matematicamente o time na Série C em 2012.

O segundo tempo iniciou da mesma forma que o primeiro, com o Vila Nova tendo o domínio. No entanto, desta vez, os goianos conseguiram abrir o placar, aos dois minutos. Após cruzamento de Victor Ferraz, Álvaro apareceu para cabecear sem chance para Fernando.

Para piorar a situação do Duque de Caxias, dois minutos depois do revés, os cariocas ficaram com um jogador a menos depois que do zagueiro Vítor foi expulso. Mesmo assim, a equipe seguiu buscando o ataque tentando chegar ao gol de empate no Raulino de Oliveira.

O Vila Nova passou a recuar e deu espaço para os avanços dos cariocas. Com isso, o Duque de Caxias começou a levar perigo aos goianos. Os donos da casa, de tanto insistir, chegaram ao empate aos 31 minutos. Erick Flores cobrou falta com categoria , sem chance para Michel Alves, que voou tentando alcançar a bola.

Somente com o revés e a iminência do rebaixamento, o Vila Nova voltou a buscar o ataque. Tanto que aos 35 minutos, os goianos quase fizeram o segundo. Após cobrança de escanteio e desvio, Leandro Cearense não conseguiu tocar na bola para colocar na rede carioca. A resposta do Duque de Caxias veio dois minutos depois. Bruno Veiga fez boa jogada individual e obrigou Michel Alves a salvar os visitantes com grande defesa.

Nos minutos finais, o Vila Nova voltou a buscar o gol da vitória, mas acabou desperdiçando as oportunidades. Com isso, viu sua chance de permanência na Série B acabar com o empate diante do laterna do campeonato e terá que disputar a Série C em 2012.

FICHA TÉCNICA
DUQUE DE CAXIAS 1 x 1 VILA NOVA

Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Data: 8 de novembro de 2011, terça-feira
Hora: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)
Assistentes: Marco de Andrade Motta Jr. (SP) e Fábio Rogério Baesteiro (SP)
Cartões amarelos: Leandro Teixeira, Abedi e Erick Flores (Duque de Caxias); Jonh Lennon, Tulio Souza e Betinho (Vila Nova)
Cartão vermelho: Vitor (Duque de Caxias)
GOLS: DUQUE DE CAXIAS: Erick Flores, aos 31min do segundo tempo
VILA NOVA: Álvaro, aos 2min do segundo tempo

DUQUE DE CAXIAS: Fernando; Éverton Silva, Bruno Costa, Vitor e Léo; Pedroso (Bruno Veiga), Leandro Teixeira, Erick Flores, Abedi e Juninho (Dudu); Pedro (Paulão)
Técnico: Mário Marques

VILA NOVA: Michel Alves; Victor Ferraz, Ben-Hur, Álvaro e John Lennon (Jorge Henrique); Ricardinho, Bruno Costa, Túlio Souza (Luis Fernando), David; Leandro Cearense e Betinho (Wando)
Técnico: Roberto Cavalo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.