Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Dupla de centroavantes passa em branco pela segunda vez no Grêmio

Técnico Renato Gaúcho, porém, elogiou desempenho de Borges e André Lima

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

Futura Press
Borges lutou, mas não conseguiu balançar a rede contra o Oriente Petrolero
Pelo segundo jogo consecutivo, a dupla Borges e André Lima passou em branco no Grêmio. Desta vez, porém, o técnico Renato Gaúcho elogiou a atuação dos centroavantes. Foi na partida contra o Oriente Petrolero, quinta-feira, na abertura da fase de grupos da Libertadores.

“Criaram e se movimentaram. Tínhamos de ter dois centroavantes ali na área para dar trabalho aos zagueiros”, comentou o treinador.

Renato havia criticado o desempenho da dupla no domingo na derrota para o Novo Hamburgo. Desta vez, o comandante deu mais detalhes de como deve ser o posicionamento dos atletas.

“Alguém sempre tem que sair. Não pode se jogar o tempo todo de costa para o gol e na grande área. Quem vai ser depende da jogada, mas eles têm que se comunicar para sair alternadamente”, explicou o comandante.

Esta, porém, é a maior dificuldade da dupla. Na maioria dos momentos, os dois ficam dentro da área. A prova de que sentem falta da movimentação de Jonas, atualmente no Valencia.

Caso Renato opte por mudar um dos atacantes, o escolhido deve ser Escudero. O meia argentino entrou na vaga de André Lima na quinta-feira.

“Ele está conhecendo o esquema e perdendo a timidez, que o atrapalhava muito. Não se pode colocar um jogador desses de qualquer jeito. Se ele entrar e não for bem acaba sendo criticado. Estou o soltando aos poucos”, finalizou Renato.

Júnior Viçosa e Diego Clementino correm por fora pela vaga no time. Lins e Wesley, não inscritos na Libertadores, estão disponível para o Campeonato Gaúcho.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG