Jovem meia foi vendido durante o Brasileirão e foi à Toca da Raposa para apoiar elenco celeste

O jovem meia Dudu, do Dínamo de Kiev, da Ucrânia, esteve na Toca da Raposa II na manhã dessa terça-feira para apoiar seus ex-colegas de Cruzeiro . O jogador foi vendido durante o Brasileirão e chegou a criticar a diretoria celeste na época da negociação, mas agora não quer saber de polêmicas e manifestou apoio aos companheiros na luta contra o rebaixamento.

Cruzeiro é o 16º colocado no Brasileirão. Veja a classificação atualizada

Dudu disse que gostaria de estar com o Cruzeiro nesse momento delicado. “Gostaria de poder ajudar, mas não sei em qual condição estaria. O grupo é forte e tem totais condições de permanecer na primeira divisão”, analisou o meia-atacante.

Leia também: Demitido do Cruzeiro, Joel Santana nega vingança na última rodada

O jogador do Dinamo de Kiev aproveitou para dar uma alfinetada no Atlético-MG , maior rival do Cruzeiro. Perguntado se seria possível vencer o adversário na Arena do Jacaré, o atleta cornetou. “Sempre deu para ganhar deles, porque não daria agora? Vou estar na Arena do Jacaré torcendo por mais essa vitória”, disse.

Sobre a adaptação ao futebol ucraniano, Dudu reclamou do frio. “A adaptação está boa, somente o frio que é muito forte. Estou feliz lá”, afirmou o atleta. Dudu foi vendido para o futebol ucraniano logo depois de brilhar com a seleção sub20 no Mundial da Colômbia. O jogador esteve presente na lista do técnico Mano Menezes nos dois últimos amistosos da temporada, contra Gabão e Egito.

Entre para a torcida virtual do Cruzeiro e comente a visita de Dudu à Toca da Raposa II

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.