Duas pessoas ficaram presas nas ferragens e morreram carbonizadas. Terceira vítima faleceu no fim da manhã

selo

Dudu (de colete vermelho) não sofreu ferimentos e já foi liberado do hospital
Divulgação
Dudu (de colete vermelho) não sofreu ferimentos e já foi liberado do hospital
O jogador do Figueirense Eduardo Francisco da Silva Neto, o Dudu , de 31 anos, se envolveu em um acidente de trânsito na madrugada deste domingo, em Florianópolis. Duas pessoas ficaram presas nas ferragens e morreram carbonizadas. Um outro ocupante do veículo chegou a ser levado para o hospital com traumatismo craniano, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu no fim da manhã.

O atacante do clube de Santa Catarina, conduzia um Hyundai, que acabou batendo contra uma placa de sinalização na Via Expressa Sul, que dá acesso a bairros como Morro das Pedras e Campeche. De acordo com o Sargento da Polícia Militar Rodoviária de Santa Catarina (PMRv), Valdemir Pires Lima, o jogador dirigia sem habilitação.

Quatro pessoas estavam com Eduardo no momento do acidente. Apenas o atacante e um amigo que estava no carro conseguiram sair sem ferimentos graves. Por meio de seu site oficial, a diretoria do Figueirense manifestou apoio ao atleta e prestou solidariedade às vítimas.

Confira o comunicado na íntegra:

"O Figueirense Futebol Clube lamenta o acidente ocorrido na madrugada de hoje, com o atacante Eduardo Francisco da Silva Neto, o DUDU, na Via Expressa Sul, em Florianópolis. O Clube está prestando o atendimento necessário para o atleta que foi medicado e liberado do hospital.O Figueirense Futebol Clube se solidariza com as famílias das vítimas."

null

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.