Tamanho do texto

Embora ninguém no clube confirme, o nome do ex-técnico do Monte Azul teria sido vetado por Celso Barros

O nome de Ricardo Drubscky era o mais cotado para assumir para assumir a gerência de futebol do Fluminense , mas após três semanas de negociação o ex-treinador do Monte Azul-SP foi informado na quinta-feira passada à noite que sua contratação não teria sido aprovada pela diretoria.

Na reunião com Drubscky que definiu o desfecho das negociações, estavam presentes o presidente do Fluminense, Peter Siemsen, o assessor Mário Bittencourt, e Sandro Lima, vice de Esportes Olímpicos que deverá mesmo será anunciado como o novo vice de futebol nos próximos dias.

Embora ninguém no clube confirme oficialmente, o veto ao nome de Ricardo Drubscky, que teve passagens por vários times de menor porte, como Ipatinga-MG, Caxias-RS , Araçatuba-SP, entre outros, teria sido dado pelo presidente da patrocinadora do clube, Celso Barros.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.