Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Dracena vê evolução, mas crê que Santos ainda tem o que melhorar

"O Santos ainda está aquém do seu nível e precisa de um ritmo de jogo maior", constatou o defensor

Gazeta |

Divulgação
Dracena espera evolução do Santos para alcançar o ritmo da última Libertadores
Após a vitória sobre o Mirassol , no último sábado, fora de casa, o técnico Muricy Ramalho enalteceu o futebol apresentado pelo Santos e afirmou que equipe vem recuperando o brilho das atuações que levaram o time aos títulos paulista e da Copa Libertadores da América no ano passado. Mais cauteloso, o zagueiro Edu Dracena reconheceu que o time tem evoluído, porém, admitiu que os santistas ainda estão longe de mostrarem o futebol que encantou o país em 2011.

Deixe sua mensagem e comente a notícia com outros torcedores

"O Santos tem muito a melhorar ainda. Todos nós sabemos disso. Para chegar naquele nível que a equipe tinha quando foi campeã paulista e da Libertadores precisamos ajustar muitos detalhes. Para isso, nós temos que jogar sempre. Enfrentamos o Mirassol e vamos jogar amanhã (quarta), contra o Comercial. O Santos ainda está aquém do seu nível e precisa de um ritmo de jogo maior", afirmou Dracena.

Mesmo assim, o capitão reconheceu que a confiança está voltando ao elenco e isso tem contribuído para que o time tenha melhores apresentações dentro de campo. "Toda a vitória te traz um pouco mais de alegria. Mesmo na derrota (ante The Strongest-BOL) na Libertadores , a equipe se comportou bem e poderia ter vencido. Contra o Mirassol, um adversário difícil, conseguimos uma vitória fora. Isso nos deixa bastante esperançosos do que pode acontecer. Serve como alento para continuar melhorando sempre", comentou.

Leia mais: Rafael é vetado no Santos e pode ser cortado da seleção

Indagado sobre quando acredita que o time da Baixada estará pronto para chegar ao seu máximo, Edu Dracena espera que o grupo cresça nas próximas partidas e atinja esse nível diante do Internacional-RS , no dia 7 de março, na Vila Belmiro. O duelo com os gaúchos será válido pela segunda rodada da fase de grupos da Copa Libertadores.

"É difícil falar quanto tempo precisamos para jogar o nosso melhor. O futebol é muito dinâmico. Agora, os compromissos no Paulistão ajudam muito, porque são jogos difíceis. Tudo isso serve como uma grande preparação para a Libertadores. Sendo assim, eu acredito que contra o Inter devemos estar 100% em quase todos os aspectos: físico, técnico e tático", encerrou.

Dracena, que participou apenas dos dois últimos duelos do Santos na temporada (contra Strongest e Mirassol), após se recuperar de uma lesão, irá atuar na próxima partida do time da Vila Belmiro, diante do Comercial, nesta quarta-feira, a partir das 19h30 (horário de Brasília), na Arena Barueri, pelo Campeonato Paulista.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG