Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Dracena lembra zagueiros do Palmeiras: 'Não tem defesa perfeita'

Capitão do Santos aposta em erro individual dos zagueiros para superar a melhor defesa do Brasil

Samir Carvalho e Danilo Lavieri iG São Paulo |

O zagueiro Edu Dracena, seguiu o discurso de Elano e Neymar ao elogiar o sistema defensivo do Palmeiras, adversário deste domingo, às 16h (de Brasília), na Vila Belmiro, pela 17ª rodada do Campeonato Paulista. Entretanto, o capitão santista utilizou sua experiência de zagueiro para acreditar na vitória do Santos contra a equipe de melhor defesa do Brasil nesta temporada. Dracena disse que a defesa do rival não é perfeita, e aposta em um erro individual de Thiago Heleno e Danilo para conquistar os três pontos.

Futura Press
Dracena elogia sistema defensivo do Palmeiras, mas cita que não existe defesa perfeita

“Não tem defesa perfeita. Ele estão vivendo um grande momento, são grandes jogadores, mas o zagueiro tem sempre a possibilidade de falhar”, afirmou o zagueiro Edu Dracena.

O sistema defensivo do Palmeiras é o melhor do Brasil em 2011. Foram oito gols sofridos em 19 jogos, melhor desempenho do time no setor nos últimos 22 anos.

Experiente, o zagueiro Edu Dracena explica que o mérito não pode ser vinculado apenas aos zagueiros e o goleiro, e destaca a ajuda dos atacantes na marcação, quando o adversário está com a posse de bola.

“A defesa do Palmeiras é forte, pois tem uma marcação lá na frente. O Palmeiras está vivendo um grande momento coletivo. Falam que é um timer médio, mas eu vejo um time muito bom, competitivo, que se ajuda em campo”, disse o capitão.

Desde a temporada passada, Dracena nunca escondeu a insatisfação com os atacantes do Santos em relação à marcação. O jogador, que deixou o campo diversas vezes reclamando da falta de ajuda na marcação e das firulas dos atacantes, espera que os jovens talentos da equipe santista observem a postura dos atacantes do Palmeiras.

“Inveja eu não tenho. De repente podemos estar olhando e ver o que eles estão fazendo de bom”, disse o camisa 3

Edu Dracena acredita que a equipe santista precisa valorizar mais a posse de bola, e aposta nas cobranças de falta e escanteio para superar a melhor defesa do Brasil neste domingo.

“Você pode ver que alguns clássicos são decididos em bola parada, falta. Clássico envolve emocional. Acredito que uma bola parada pode decidir esse clássico. Já sem a bola temos que ter mais atitude. Precisamos ficar mais com a bola. O Palmeiras é um time competitivo e joga no erro do adversário”, concluiu.
 

Leia tudo sobre: santospalmeirasedu dracenacampeonato paulista 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG