Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Douglas reclama falta de pagamento e critica diretor do Grêmio

Meia decidiu se transferir ao Corinthians por clima ruim supostamente criado por Paulo Pelaipe

iG Porto Alegre |

Gazeta Press
Douglas assinou contrato de três anos e já treina no Corinthians desde terça-feira
Douglas encontrou na divulgação de uma “carta aberta” a maneira de comentar a sua tumultuada transferência do Grêmio ao Corinthians . No documento, divulgado nesta quarta-feira, no seu perfil no Twitter, o meia reclamou do atraso no pagamento dos direitos de imagem no clube gaúcho, criticou o diretor executivo de futebol Paulo Pelaipe e justificou a troca de time devido ao clima ruim supostamente criado pelo antigo chefe.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

“Aguentei muita coisa calado e agora que já assinei o meu contrato com o Corinthians posso falar sobre a minha saída do Grêmio. Em primeiro lugar, quero dizer que tenho enorme respeito pela torcida, tanto é que fiquei alguns meses sem receber minha imagem e nunca reclamei em publico para não conturbar o ambiente, muito menos deixei de me empenhar dentro de campo. O que ganhei em troca disso foram declarações do Pelaipe me diminuindo e incentivando a torcida contra mim. Foi justamente isso que me deixou sem ambiente no Grêmio e fez com que eu tomasse a decisão de mudar de clube", escreveu o jogador.

O Corinthians comprou Douglas por R$ 3 milhões . O Grêmio alega ter tentado ampliar o contrato, que se encerrava em 31 de janeiro, duas vezes. Sem sucesso.

“Pelaipe mandou outro empresário (que nada tem a ver comigo) me oferecer aos quatro cantos, depois queria pagar a divida que o Grêmio tem com o Palmeiras me mandando para lá. Isso faz o jogador se sentir valorizado? Tinha ambiente pra eu continuar? E pra muita gente que está falando besteira e me chamando de mercenário: é bom que saibam que vou jogar no Corinthians por um salário igual ou menor do que eu poderia ganhar aí. Tudo pela falta de respeito que o Pelaipe teve comigo", encerrou.

Douglas assinou contrato com o Corinthians de três anos na terça-feira e já começou a treinar . Deve ser apresentado oficialmente nesta quinta.

O Grêmio alega ter feito a rescisão de contrato normalmente e assegura que o jogador mudou de clube sem nenhum pagamento em atraso. Cristiano Koehler, diretor geral, explicou que a demora na quitação dos direitos de imagem ocorreu por uma decisão do próprio atleta:

"Ele tinha um empresário, cuja sua empresa recebia os direitos de imagem, e decidiu mudar. Acertou com o atual, Bruno Paiva. Acontece que a constituição dessa nova empresa demorou de quatro a cinco meses. O Grêmio é um clube sério e não poderia pagar sem a contrapartida de um recibo. Quando a situação foi regularizada, quitamos tudo. O Douglas é passado, deveria exaltar o excelente tratamento que teve aqui. Eu faria isso. Agora, se ele continuar a se manifestar desta forma, atacanto uma instituição muito maior do que ele, tomaremos as nossas medidas".

Paulo Pelaipe também deu a sua versão para o caso:

"Douglas nunca reclamou de nada antes. Ele saiu daqui sem o Grêmio dever um centavo. O que acontece é que teve um problema de ordem pessoal e não quis ficar mais em Porto Alegre. Até então, era um bom dirigente. Agora... Só agi defendendo os interesses do Grêmio quando vi que ele não queria ficar mais. Ele não poderia sair de graça. Tentamos, com o empresário dele, colocá-lo na negociação do Kleber com o Palmeiras. Não deu certo, então, o vendemos ao Corinthians por uma boa quantia. Desejo felicidades".

 

Leia tudo sobre: grêmiodouglascorinthians

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG