Jogadores pedem trégua às vaias para vencer Coritiba e acabar com má fase no Brasileirão

Foi a tônica após a derrota para o Cruzeiro. Em toda manifestação, os jogadores do Grêmio pediram ajuda da torcida para pôr fim à má fase no Brasileirão – está em 16º lugar, com oito pontos, e não ganha há cinco jogos. Neste sábado, após o treino em que Julinho Camargo não definiu time para enfrentar o Coritiba, domingo, na sua estreia em casa, dois importantes jogadores engrossaram o coro: Fábio Rochemback e Douglas.

Entre para a Torcida Virtual do Grêmio e convide seus amigos

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

A dupla admitiu que a fase não é boa, porém, definiu que a reação deve começar por recuperar a força do Olímpico – o time tem uma vitória, dois empates e uma derrota em quatro partidas em casa. Por isto, propôs a reconciliação com a nação gremista.

“O torcedor, às vezes, está sem paciência. Ele tem de entender que estamos tentando, mas ninguém consegue ser perfeito. É difícil para ele, mas para gente também. Estamos sofrendo lá dentro e, por isso, precisamos de ajuda. Vamos recuperar o futebol do ano passado, mas a torcida também tem de resgatar aquele comportamento de apoio”, disse Douglas.

“Temos de retomar a confiança de jogar em casa. O torcedor tem de vir, apoiar e pressionar o adversário. Espero que comece agora”, completou Rochemback.

Vaias foram ouvidas no Olímpico contra Corinthians, Vasco e Avaí. Apenas na vitória sobre o Bahia a torcida não se manifestou contrária ao time.

Gabriel e Douglas voltam ao time. Bruno Collaço e Neuton disputam a lateral esquerda. A provável escalação: Marcelo; Gabriel, Mário, Rafael Marques e Bruno Collaço (Neuton); Gilberto Silva, Fábio Rochemback, Leandro, Douglas e Escudero; André Lima.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.