Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Douglas é liberado pelo STJD e reforça Grêmio na reta final

Auditores do tribunal entenderam que o caso do meia prescreveu, pois a denúncia foi feita fora do prazo de 30 dias após a partida contra o São Paulo

Gazeta Esportiva |

O meia Douglas está liberado para atuar pelo Grêmio na reta final do Campeonato Brasileiro. No final da tarde desta terça, os auditores do Superior Tribunal de Justiça Desportiva entenderam que o caso do meia prescreveu, pois a denúncia foi feita fora do prazo de 30 dias após a partida. Com isso, Douglas não teve o mérito julgado e poderá enfrentar o Guarani, neste final de semana.

Douglas foi denunciado por vídeo por uma entrada em Richarlyson na partida contra o São Paulo, dia 29 de setembro. A Procuradoria do STJD argumentou que a denúncia foi feita dentro do prazo, mas prevaleceu a defesa do advogado do Grêmio, Cláudio Batista, que pediu a preliminar de prescrição. Batista argumentou também que o processo não deveria ser conhecido porque, deste modo, todas as faltas do jogo deveriam ser denunciadas.

A preliminar de prescrição foi aceita por unanimidade. O presidente da sessão acompanhou os relatores, mas advertiu que, caso a denúncia não tivesse prescrito, Douglas seria severamente punido. Assim que recebeu a notícia, o técnico Renato Gaúcho demonstrou, no Olímpico, grande satisfação em poder contar com seu articulador: "No momento em que você pune um jogador por uma entrada que o árbitro viu e não deu nada, teríamos que julgar cinco ou seis jogadores por rodada", argumentou.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirogrêmiostjd

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG