Com as voltas de Nei e Guiñazu, time buscará recuperação quarta-feira, contra o Santos, no Beira-Rio

null

Foi unanimidade. Imprensa, Grêmio, e agora o técnico do Inter também admite: os donos da casa jogaram melhor e mereceram a vitória de 2 a 1 no Gre-Nal .

“ O Grêmio mereceu, quis mais a partida. Temos que reconhecer isso”, disse.

Dorival já havia antecipado que os jogadores do Inter poderiam sentir o peso de um jogo tão desgastante. Na quarta-feira, o time havia vencido a Recopa, derrotando o Independiente.

“Na quarta-feira o emocional do atleta foi ao limite. Em um jogo dessa importância nós estávamos aquém emocionalmente e o Grêmio prevaleceu pelo bom futebol que jogou. No primeiro tempo eles criaram mais oportunidades. No segundo, quando nós havíamos equilibrado a partida, sofremos aquele pênalti”, avaliou.

Entre para a Torcida Virtual do Inter e convide seus amigos

Grêmio tem a maior torcida do Twitter. Amplie a do Inter

Mesmo com o revés, o clube não quer baixar a guarda. Dez pontos atrás do líder Corinthians, o objetivo segue sendo brigar pelas primeiras posições.

“Estamos ainda na metade do campeonato. Temos todo um turno pela frente e o título é possível para todo mundo ainda. O Inter vai continuar acreditando até o último momento. Temos ainda 19 jogos e muita coisa pode acontecer”, finalizou.

O Inter volta a campo na quarta-feira. Vai receber o santos, 21h50, no Beira-Rio. O volante Guiñaziu e o lateral-direito Nei, que cumpriram suspensão, voltam ao time.

Confira fotos dos clássicos pelo Brasil:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.