Treinador atleticano quer contar com todos os jogadores na melhor forma, por isso Mancini fica na reserva

Obrigado a mudar o Atlético-MG para a estreia do Campeonato Brasileiro, já que estava sem cinco titulares , o técnico Dorival Júnior gostou do que viu diante do Atlético-PR e vai manter praticamente a mesma equipe para o duelo contra o Avaí , neste sábado, às 18h30, na Ressacada. A única alteração no time já confirmado vai ser a entrada do zagueiro Leonardo Silva , que estava suspenso, no lugar de Werley .

Siga o iG Atlético-MG no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Titulares na reta final do Campeonato Mineiro e importantes na boa sequência do time alvinegro, o lateral-esquerdo Guilherme Santos e o meia atacante Mancini estão recuperados e viajaram para Florianópolis. Porém, ambos ainda não estão na melhor condição física, fator determinante para Dorival manter a base que venceu na estreia.

Entre para a Torcida Virtual do Atlético-MG e convide seus amigos

“Um dia ouvi que não conseguiu produzir porque não estava 100%. Isso é um problema sério. Nem sempre você faz uma opção correta, dentro de uma visão mais amplas, mas você é quem dá a última palavra e tem que ter essa sensibilidade de buscar dados suficientes para ter uma certeza um pouco maior num momento de definição”, explicou o treinador atleticano, revelando que Mancini chegou a jogar com dor.

““Eu preferi fazer uma opção pela equipe da estreia. O Mancini já vinha, além das duas últimas semanas, com problemas, sempre reclamando de alguma dor. Em razão disso, fizemos essa opção. Tenho certeza que a equipe vai estar forte e preparada”

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.