O iG separou as principais tarefas para o novo técnico do clube gaúcho, que será apresentado nesta terça

Dorival será apresentado nesta terça-feira
Futura Press
Dorival será apresentado nesta terça-feira
Nesta terça-feira o Internacional busca uma virada em seus rumos. Dorival Júnior será apresentado como novo técnico do clube, o 4º nome da temporada. O presidente Giovanni Luigi não quer mais fazer trocas até o fim da sua gestão, em dezembro de 2012. Os números a seguir são do Footstats e estão disponíveis no aplicativo iG Esporte para iPhone e iPad.

Tenha as estatísticas no seu iPhone e faça comparações entre times e jogadores

Para se manter no cargo, o treinador precisará de resultados. Esse é um dos sete acertos fundamentais. Com base no desempenho do time no Brasileirão, o iG preparou “o jogo dos 7 acertos” para que o novo nome triunfe no clube gaúcho. Veja:

1 - Melhorar a pegada: O Inter está entre os que menos acerta desarmes, foram 303. O Corinthians, líder no quesito, tem 462. Apenas Santos, Figueirense, Ceará, Avaí e Cruzeiro estão atrás do time gaúcho.

2 - Incentivar a vitória pessoal: O time dribla pouco. Foram 127 dribles no campeonato, média de 8,5 por jogo. Só Grêmio e Avaí ficam atrás. O São Paulo, maior driblador do Brasileirão, tem média de 15,4 por jogo.

Entre para a Torcida Virtual do Inter e convide seus amigos

3 - Firmar um parceiro para Damião: O camisa nove reclamou recentemente da solidão no setor ofensivo: “Só chega balão”, disse após a derrota para o Fluminense, referindo-se às poucas oportunidades criadas pelo time. O melhor momento de Damião no ano foi quando tinha Zé Roberto do lado, mas o companheiro se machucou.

Grêmio tem a maior torcida do Twitter. Amplie a do Inter

4 - Chutar mais a gol: O time é apenas o 13º time que mais finaliza no Brasileirão. A média é de 5,3 chutes certos por partida.

5 - Mais cuidado dentro da área: Já foram quatro pênaltis cometidos. Apenas Atlético-MG (sete pênaltis), Avaí (6) e América-MG (5) cometeram mais.

6- Renovação no grupo: Talvez a tarefa mais difícil. Há tempos os dirigentes esperam que a entrada gradual de jovens vá acontecendo. O difícil é desbancar os experientes que não estejam dando o resultado esperado.

7 - Subir na tabela: O propósito maior do Inter era brigar pelo título do Brasileiro. A situação parece complicada. Mas se espera no mínimo uma classificação para a Libertadores. São cinco pontos atrás do Botafogo, que estaria com a última vaga na competição sul-americana.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.