Treinador não quis falar sobre possível saída do Atlético-MG e criticou muito a atuação do time

O técnico Dorival Júnior se mostrou muito desapontado com a atuação do Atlético-MG na derrota diante do Figueirense, no Ipatingão . O treinador não conseguiu entender como um time que havia jogado bem contra o Grêmio possa ter ido tão mal como na primeira etapa diante do time catarinense. Perguntado sobre seu futuro no time mineiro, Dorival disse que quem pode falar sobre isso é o presidente Alexandre Kalil.

Siga o iG Atlético-MG no Twitter e receba todas as informações do seu time

Dorival não encontrou explicações para o fraco desempenho de seu time. "Não tem o que falar. Não tem como explicar. Tivemos uma atuação como aquela contra o Grêmio e hoje parece que é um time que se encontrou aqui e no vestiário e foi para o campo", comentou.

Entre para a Torcida Virtual do Atlético-MG e convide seus amigos

O treinador alvinegro não gostou da postura do time no Ipatingão. "São fatos inexplicáveis do futebol. Três dias depois parece que desaprendemos a jogar futebol. A impressão é que entramos em campo para cumprir um compromisso. Isso nos leva a pensar e repensar", analisou.

Depois de mais um tropeço, o treinador não quis falar sobre seu futuro e disse que a pergunta deveria ser feita ao presidente Alexandre Kalil. "Sobre meu futuro quem fala é o presidente, não o Dorival", disse em tom veemente.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.