Treinador atleticano testa a sua equipe com Eron e Toró, que podem jogar contra o Santos, neste sábado

Depois de escalar Dudu Cearense como terceiro zagueiro do Atlético-MG na vaga do suspenso Richarlyson , o técnico Dorival Júnior fez mais uma teste nesta quarta-feira. O treinador atleticano comandou um treinamento sem finalizações em com 12 jogadores na linha e sem nenhum goleiro. Assim, entraram no time o lateral-esquerdo Eron e o volante Toró . Os jogadores podiam dar no máximo dois toques na bola. Faziam parte da equipe Réver, Leonardo Silva, Dudu Cearense, Toró, Patric, Serginho, Caio, Daniel Carvalho, Eron, Guilherme Santos, Magno Alves e Jonatas Obina.

Siga o iG Atlético-MG no Twitter e receba todas as informações do seu time

Eron foi testado por conta do julgamento de Guilherme Santos . O lateral-esquerdo foi expulso na partida contra o Internacional e pode pegar entre quatro e 12 partidas. Caso seja punido, a única opção de Dorival Júnior vai ser Eron, já que Leandro está machucado e vai ficar mais algumas semanas no departamento médico. Além de Guilherme Santos, o presidente do Atlético-MG , Alexandre Kalil, também vai ser julgado nesta quarta-feira, pelo fato de ter sentado no banco de reservas no jogo já citado.

Entre para a Torcida Virtual do Atlético-MG e convide seus amigos

Já na segunda parte do treino, os jogadores do Atlético-MG treinaram cruzamentos e escanteios. Na parte defensiva o escolhido para formar o trio com Leonardo Silva e Réver foi Toró. Em seguida o time treinou a parte ofensiva, com os escanteios batidos por Daniel Carvalho e Serginho . Neste Brasileirão, a jogada aérea apareceu como ponto forte do time atleticano, por conta da altura dos dois zagueiros, ambos acima dos 1,90m.

Depois de marcar cinco dos primeiros seis gols em jogadas de escanteio , o Atlético-MG marcou somente mais uma vez em jogada aérea. Foi na derrota para o Flamengo , quando Dudu Cearense fez gol de cabeça em falta cobrada por Serginho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.