Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Dorival Júnior ainda não definiu se vai escalar Daniel Carvalho

Treinador do Atlético-MG diz que meia não tem presença confirmada, apesar de ter treinado como titular

Victor Martins, iG Belo Horizonte* |

Destaque do Atlético-MG no empate em 1 a 1 com o Bahia , o meia Daniel Carvalho está recuperando seu espaço dentro do elenco alvinegro . Considerado até mesmo com carta fora do baralho, o jogador reagiu e mudou a postura nos treinamentos , o que o fez ganhar uma nova oportunidade com Dorival Júnior. Depois da boa partida em Salvador, Daniel Carvalho treinou duas vezes como titular antes da partida contra o Atlético-GO .

Siga o iG Atlético-MG no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Porém a escalação dele ainda não está confirmada. Se Dorival Júnior ainda tem algumas dúvidas para escalar o time do Atlético-MG, uma delas é sobre a presença de Daniel Carvalho desde o começo da partida ou nos minutos finais, como foi na rodada anterior. O meia declarou durante a semana que está preparado para ser o camisa 10 do Atlético-MG .

“Não estou definido ainda sobre as alterações que posso fazer no time, mas ganhei mais uma opção com a vinda do Daniel. Agora é o x da questão, se aproveitá-lo desde o início. Quero ele dentro do maior tempo possível na sua melhor condição, ou a partir do momento que o jogo caia o ritmo fisicamente, para que aí sim, entremos com uma bola opção, como foi no último jogo. Então é uma incógnita e por isso estamos pensando na melhor formação possível para a partida”.

Entre para a Torcida Virtual do Atlético-MG e convide seus amigos

Segundo Dorival Júnior, a presença de Daniel Carvalho como titular nos dois treinos táticos da semana foi para que o meia ganhasse melhor condicionamento, já que ele ficou por longo período sem nem sequer participar dos coletivos, tentando perder peso.

“Ele está brigando novamente por uma posição. Eu o coloquei sim nos últimos dois últimos trabalhos porque o Daniel, talvez, tenha sido o jogador que menos tenha trabalhado (treinado no time titular). Não podemos esquecer que ele entrou apenas 25 minutos na partida anterior, fez a diferença, a entrada do Daniel foi importante e isso é uma motivação para o atleta”.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG