Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Dorival Jr. vê equipe vibrante, mas reconhece deficiência técnica

Treinador afirma que viu vontade nos jogadores e aponta para crescimento depois da eliminação precoce

Gazeta |

Apesar da eliminação para o Grêmio Prudente dentro da Arena do Jacaré, o técnico Dorival Júnior conseguiu enxergar pontos positivos na equipe do Atlético-MG. Segundo o comandante alvinegro, o time atuou com vibração e honrou a camisa da equipe. O treinador reconheceu que faltou técnica, mas garantiu que o time vai evoluir e voltar a jogar bem.

"Fico contente porque vi uma equipe novamente com vibração em campo. Se tecnicamente não foi tudo aquilo que nós esperávamos, mas foi uma equipe vibrante que honrou de sobremaneira a camisa do Atlético-MG, e é isso que queremos. A Copa do Brasil era mais do que importante, mas de repente não estávamos preparados para tanto. Muita coisa aconteceu dentro do Atlético-MG nos últimos 40 dias, principalmente em um momento de definição", declarou o treinador.

Apesar do sentimento dos torcedores atleticanos ser de revolta e de indignação, Dorival Júnior revelou que ainda confia no grupo de jogadores que tem em mãos. "Eu garanto uma coisa para vocês, o Atlético-MG voltou a ter aquele espírito que todos nós queremos. Perdemos a vaga e a classificação, mas ganhamos aquilo que estava faltando em alguns momentos e com essa vibração que foi mostrada hoje, com esse espírito e com um pouco mais de equilíbrio, com certeza nós vamos chegar", disse.

Por fim, o treinador atleticano alegou que a equipe perdeu a vaga no jogo de ida, em Presidente Prudente, quando saiu de campo derrotada por 2 a 1 e apresentou um futebol abaixo do esperado. Segundo ele, o Grêmio Prudente jogou a partida da vida em casa, enquanto o Atlético-MG teve uma postura que deixou a desejar.

"Deixamos de conquistar a vaga no jogo anterior. Perdemos a classificação em Presidente Prudente. Tivemos uma postura muito abaixo. Eles estavam brigando por um prato de comida e nos esperando a sobremesa. Foi bem diferente de hoje. Problemas aconteceram e não vamos esconder. Mas não podemos ficar lamentando. Foi feito o que tinha quer ser feito e vamos começar a nos estruturar novamente", concluiu.

Leia tudo sobre: Atlético-MGCopa do Brasil 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG