Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Dorival Jr. nega cansaço e vê dificuldade para explicar empate

Inter cedeu três gols e ficou no 3 a 3 com o Santos. Time perdeu quatro jogadores para enfrentar o Ceará

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

nullNada de cansaço, seja físico ou emocional. O técnico Dorival Júnior não justificou dessa forma o empate de 3 a 3 entre Inter e Santos. O time gaúcho vencia o jogo por 3 a 0, mas cedeu o resultado nos 15 minutos finais, levando três gols em 10 minutos.

“É difícil, é difícil. Temos que observar com tranquilidade para ter uma certeza maior. Claro que teve desconcentração. O adversário veio pra cima, sem muita responsabilidade, e foram recompensados por esse ímpeto. É impossível que sinta alguma coisa do jogo de domingo, depois dos primeiros 75 minutos que fizemos”, avaliou.

Entre para a Torcida Virtual do Inter e convide seus amigos

Grêmio tem a maior torcida do Twitter. Amplie a do Inter

O treinador também reclamou bastante da arbitragem do baiano Arilson Bispo da Anunciação. Dorival contesta um pênalti não marcado em Dellatorre e um gol mal anulado de Élton. Ambos os lances aconteceram na segunda etapa, quando o Inter ainda tinha a vantagem no placar.

“O problema maior é que a arbitragem nos tirou a possibilidade do terceiro e do quarto gol. Esse do Oscar seria o quinto gol”, argumentou.

O Inter volta a campo domingo, 18h, contra o Ceará. Os zagueiros Bolívar e Índio e o volante Éllton receberam o terceiro cartão amarelo. Leandro Damião também será desfalque por cartão, mas estará na seleção brasileira para o amistoso contra Gana.

Veja fotos de Inter 3 x 3 Santos:


 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG