Em discurso rápido, novo contratado fala em "trabalho simples e em deixar o clube cada vez mais forte"

Dorival foi demitido do Atlético-MG
Futura Press
Dorival foi demitido do Atlético-MG
Dorival Júnior foi apresentado nesta terça-feira como novo técnico do Internacional . Ele assina contrato até dezembro de 2012 e substitui Paulo Roberto Falcão, demitido em julho .

"É um prazer estar à frente de um grande grupo, uma das equipes mais vitoriosas do futebol brasileiro. Alguns de vocês já me conhecem e sabem da simplicidade do meu trabalho. Tudo é resolvido aqui dentro. Tentaremos fazer o nosso melhor aqui, com a ajuda de todos vocês, para seguir dando alegrias ao torcedor colorado. Esperamos cada vez um Internacional mais forte", disse o treinador em seu primeiro discurso.

Entre para a Torcida Virtual do Inter e convide seus amigos

A apresentação foi feita dentro do vestiário do Beira-Rio.Dirigentes, imprensa, conselheiros e jogadores acompanharam a primeira manifestação do novo técnico. Logo em seguida, Dorival ficou apenas com os jogadores para passar suas primeiras ideias de trabalho. Ele concederá entrevista coletiva depois do treino desta terça.

Terá pouco tempo para trabalhar . No treino desta terça-feira já terá que definir quem joga na quarta-feira, 21h50, quando o Inter recebe o Botafogo. Em uma semana, Dorival estará decidindo seu primeiro título pelo clube, dia 24, quando o Inter faz o jogo de volta da Recopa, precisando de uma vitória de dois gols sobre o Independiente (perdeu a ida por 2 a 1).

"Estamos tendo uma retomada no nosso futebol. Tenho certeza que com o Dorival, com vocês jogadores e com a nossa camisa buscaremos o título da Recopa e teremos um crescimento na tabela", disse o presidente Giovanni Luigi.

O novo treinador traz outros três profissionais junto. Ivan Rizzo, auxiliar-técnico; Lucas Silvestre, observador, que é filho de Dorival; e o preparador físico Celso de Resende. Todos trabalhavam também no Atlético-MG, de onde o treinador foi demitido no início do mês.

Grêmio tem a maior torcida do Twitter. Amplie a do Inter

Dorival Júnior é ex-jogador de futebol. Foi volante nos anos 80 e 90. Jogou na Ferroviária, Marília e Guarani, antes de ir para Avaí e Joinvile, onde foi campeão catarinense. Passou por São José-SP e Coritiba, até chegar no Palmeiras, em 1989. Viveu bom momento no clube paulista, onde ficou até 1993. Foi campeão gaúcho pelo Grêmio, em 1993, encerrando a carreira no Juventude, dois anos depois.

A carreira como treinador começou em 2003, no Figueirense, onde foi campeão estadual. Em 2005, conquistou o Campeonato Cearense, pelo Fortaleza, tendo passado ainda por Criciúma e Juventude.

Foi campeão pernambucano no primeiro semestre de 2006. No mesmo ano, foi rebaixado para a Série B do Brasileirão, com o São Caetano. Apesar do insucesso, Dorival seguiu no interior paulista, sendo vice-campeão estadual em 2007, campanha que o levou para o Cruzeiro. Em Minas, classificou o time para a Libertadores do ano seguinte.

Dorival foi demitido do Atlético-MG
Futura Press
Dorival foi demitido do Atlético-MG
Dorival assumiu o Coritiba em 2008. Foi contratado pelo Vasco para a temporada 2009. Ganhou a Série B e reconduziu o time para a elite nacional. O contrato não foi renovado, e Dorival assinou com o Santos para a temporada 2010. Foi campeão paulista e da Copa do Brasil, fazia boa campanha, mas discutiu com Neymar e ameaçou colocar o garoto na reserva. A postura não agradou os dirigentes, que o demitiram.

Dorival entrou no Atlético-MG já com o Brasileirão 2010 em andamento. O time estava na zona de rebaixamento, e as projeções é que tinha 89% de chance de ser rebaixado. Conseguiu recuperar o time, conquistando 24 pontos, em 12 jogos, e salvando do rebaixamento na penúltima rodada.

Não repetiu o desempenho em 2011. Foi vice-campeão mineiro, caiu na segunda fase da Copa do Brasil (derrota para o Prudente) e deixou o time na 14ª posição do Brasileiro. Foram 52 jogos, com 25 vitórias, 11 empates e 16 derrotas.

Nome: Dorival Silvestre Júnior
Nascimento: 25/abril/1962
Naturalidade: Araraquara-SP.
Clubes: Figueirense (03-04), Fortaleza (05), Criciúma (05), Juventude (05), Sport Recife (05-06), Avaí (06), São Caetano (06-07), Cruzeiro (07), Coritiba (08), Vasco (09), Santos (10), Atlético-MG (10-11).

Títulos: Campeonato Catarinense (2004), Campeonato Cearense (2005), Campeonato Pernambucano (2006), Campeonato Paranaense (2008), Brasileiro da Série B (2009), Campeonato Paulista (2010) e Copa do Brasil (2010).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.