Tamanho do texto

Treinador atleticano tem dez meses de trabalho e já passou por momentos bons e ruins no comando do time

O jogo contra o Palmeiras , neste sábado, às 21h, vai ser a partida número 50 de Dorival Júnior no comando do Atlético-MG . No clube desde setembro do ano passado, quando chegou para brigar contra o rebaixamento, o treinador atleticano fez uma avaliação do seu período na Cidade do Galo. Depois de conseguir o primeiro objetivo, que era permanecer na Série A, Dorival tem encontrado muitas dificuldades na temporada 2011 .

Siga o iG Atlético-MG no Twitter e receba todas as informações do seu time

De acordo com o treinador, a intensa rotatividade de jogadores na equipe titular é a principal explicação para o Atlético-MG ainda não ter engrenado no Campeonato Brasileiro . Como exemplo, Dorival ainda não conseguiu repetir o time titular de uma rodada para outra na competição. Perguntado sobre os 49 jogos passados, Dorival fez uma avaliação de sua passagem pelo Atlético-MG, que já tem dez meses de duração.

Entre para a Torcida Virtual do Atlético-MG e convide seus amigos

“Num primeiro momento pegamos a equipe numa situação bem desconfortável, que foi no ano passado, em setembro. Foi um trabalho difícil e todos nos ajudaram muito e conseguimos a recuperação. Depois a formação da equipe na abertura do ano. Trabalhávamos com grupo e precisamos fazer uma reestruturação (venda e dispensa de jogadores). Chegamos à final do Mineiro jogando em condição e igualdade com o Cruzeiro. Acredito que tenha sido, não pelo resultado, mas por tudo o que aconteceu , foi muito positivo para o Atlético. Alguns nomes apareceram e começou o Brasileiro. Mas a partir da segunda rodada começamos a perder jogadores, principalmente do nosso meio-de-campo , que estava num processo de confirmação e afirmação. Estamos tentando refazer a equipe novamente. Em apenas sete meses tivemos de modificar a estrutura da equipe por três vezes, é complicado. Por isso os resultados estão demorando aparecer, mas espero que apareçam a partir de agora ”.

Veja os momentos marcantes de Dorival Júnior no comando do Atlético-MG: