Meia chegou em janeiro a Londres para treinar com o clube inglês, mas não foi liberado para jogar a Premier League

O presidente do grupo AEG (Anschutz Entertainment Group), Tim Leiweke, dono de Los Angeles Galaxy, revelou nesta quarta-feira que foi ele quem impediu o meia David Beckham de jogar pelo Tottenham, porque não queria a arriscar a perdê-lo por lesões durante parte da MLS (liga de futebol dos Estados Unidos), que começa em março.

"Fui eu quem tomou a decisão de pedir a David que voltasse a tempo para jogar toda a temporada americana porque, até agora, não o tivemos durante uma campanha completa devido aos empréstimos ou lesões", explicou Leiweke em entrevista à agência inglesa "Press Association".

Beckham chegou em janeiro a Londres para fazer um período de treinos com o Tottenham, às ordens do técnico Harry Redknapp, mas não obteve permissão para disputar o Campeonato Inglês.

Leiweke confirmou que construiu uma espécie de "aliança estratégica" com o clube londrino através da qual poderá contar com algumas das estrelas da Premier League competindo pelo Los Angeles Galaxy no futuro.

AEG e Tottenham já estão trabalhando juntos na candidatura para conseguir o estádio olímpico após os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, objetivo pelo qual o clube compete com o West Ham.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.