Zagueiro revelado no Santos está no São Caetano e disse que não sabe porque ficou com esse rótulo

Apresentado oficialmente nesta semana como reforço do São Caetano para a Série B do Campeonato Brasileiro, o zagueiro Domingos chega ao clube do ABC paulista com um objetivo pessoal claro: acabar com a fama de jogador violento.

Em entrevista coletiva, Domingos declarou não entender de onde surgiu essa fama, já que, em toda a carreira, ele foi expulso de campo em apenas sete oportunidades.

"A imprensa diz que sou desleal, mas nunca dei cotovelada em ninguém. Só levo meu trabalho a sério. É de dentro do campo que tiro o sustento da minha família. Os outros também, então, jamais machucaria alguém", disse.

O baiano Domingos foi trazido para São Paulo pelo zagueiro Vampeta. Após passar quatro meses na equipe amadora do Campo Limpo Paulista, o jogador, então com 13 anos, foi para o Santos , onde jogou nas categoria de base e iniciou como profissional.

Foi no Santos também onde ele se envolveu no lance mais polêmico da sua carreira: durante um treinamento, o zagueiro foi responsável por um carrinho que fraturou a perna do goleiro Rafael. Por causa do lance, Domingos foi afastado do Santos pelo técnico Vanderlei Luxemburgo, comandante da equipe na época.

O zagueiro ainda possui os direitos federativos ligados ao time praiano e foi emprestado ao São Caetano até o final da temporada. Antes, ele atuou, também por empréstimo, pelo Grêmio e pela Portuguesa . Há dois meses sem atuar, a previsão é de que Domingos esteja à disposição do técnico Vadão daqui a 15 dias.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.