Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Domenech explica por que não cumprimentou Parreira na Copa

Técnico disse que ficou revoltado com supostas críticas do brasileiro à seleção francesa no Mundial

Gazeta |

Após a vitória da África do Sul sobre a França por 2 a 1, na última rodada da fase de grupos da Copa do Mundo de 2010, o técnico dos bafana-bafana, Carlos Alberto Parreira, tentou cumprimentar o comandante dos adversários, Raymond Domenech, mas o francês se recusou a apertar a mão do brasileiro. Quase um ano depois, o desempregado treinador explicou a sua atitude.

"Eu poderia falar com ele de cara virada, mas não quis. Não sei fazer isso. Ele nos insultou, dizendo que minha equipe teve uma performance vergonhosa na Copa. Eu sempre defendo meus jogadores. Entendo que minha atitude foi chocante, mas devemos também levar em conta a pressão do torneio. Tenho defeitos, mas não sou hipócrita", avisou em entrevista ao jornal "L'Express".

Na mesma entrevista, Domenech criticou os jogadores que levou à África do Sul, chamando-os de "um bando de garotos mal-educados e inconscientes". A França caiu na primeira fase da Copa do Mundo após empatar com o Uruguai (0 a 0) e perder para México (0 a 2) e África do Sul (1 a 2).

Leia tudo sobre: Futebol MundialFrançaRaymond DomenechParreira

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG