Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Dois anos após tiro, Cabañas é contratado por time paraguaio

Atacante havia sido baleado na cabeça, mas se recuperou e acertou com o 12 de Octubre, da 2ª divisão paraguaia

Gazeta |

Quase dois anos depois de ter levado um tiro na cabeça em uma casa noturna, o atacante Salvador Cabañas voltará a jogar futebol profissionalmente. O atleta acertou contrato com o 12 de Octubre, clube que o revelou e que atualmente disputa a 2ª divisão do futebol paraguaio. De acordo com o presidente da equipe, Luis Sallinas, o jogador será apresentado nesta sexta-feira.

Leia também: Dezoito meses depois de ser baleado, Cabañas volta a disputar uma partida

Cabañas teve o seu melhor momento profissional atuando pelo América do México, entre 2006 e 2010. Na equipe ele se tornou o algoz do Flamengo na Copa Libertadores da América de 2008, marcando dois gols na vitória por 3 a 0 em pleno Maracanã, em duelo válido pelas oitavas de final da competição continental. O jogador também atuou em várias oportunidades pela seleção do Paraguai, chegando a marcar um gol contra o Brasil nas eliminatórias para a Copa do Mundo da África do Sul.

Em 25 de janeiro de 2010, Cabañas estava em uma casa noturna na cidade do México quando foi atingido na cabeça por um tiro no banheiro do local. A explicação oficial é de que o caso foi uma tentativa de assalto, mas a polícia não descarta motivação futebolística. O principal suspeito de ter feito o disparo, José Balderas Garza, está preso.

Após passar por algumas cirurgias, Cabañas teve uma recuperação surpreendente e teve alta hospitalar apenas um mês depois. Em fevereiro do ano passado ele foi liberado para fazer treinos leves e, em agosto, participou de um amistoso entre o América do México e a seleção paraguaia.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG