Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Distante do ideal, Marcelo Moreno convive com dores no Grêmio

Centroavante trata de lesão no ombro esquerdo, mas deve estrear na Copa do Brasil nesta quarta, no Nordeste

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Em nove jogos, Marcelo Moreno marcou três gols
Ao mesmo tempo em que é titular indiscutível, Marcelo Moreno está longe do ideal no Grêmio . A avaliação é de Vanderlei Luxembrugo e irá demorar, no mínimo, mais uma semana para começar a mudar. É quando termina o prazo de recuperação da lesão no ombro esquerdo do centroavante.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Foi no Gre-Nal, dia 5 de fevereiro, válido pela fase classificatória do primeiro turno do Gauchão, que o camisa 9 se machucou. Desde então, atua com dores. Se valeu de uma injeção para aliviar o sofrimento e poder atuar no segundo tempo da vitória contra o Cerâmica, domingo, na abertura do segundo turno estadual. A principio, enfrentará o River Plate, quarta-feira, no Sergipe, na estreia na Copa do Brasil.

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

“Está distante do que pode e do que queremos, do ideal. Ele tem esse problema no ombro, afeta o equilíbrio e o giro. Vamos trabalhar com ele para prepará-lo melhor”, disse Vanderlei Luxemburgo.

De acordo com o diretor médico Márcio Bolzoni, a lesão afetou o ligamento entre a clavícula e o acrômio. Não há necessidade de cirurgia e o tratamento é na base do analgésicos.

“Há a cicatrização em até seis semanas, sem necessidade de operação. O único problema é a dor. Não há risco de agravar e só por isso ele está atuando”, explicou o médico.

Marcelo Moreno foi um dos grandes investimentos do Grêmio para a temporada 2012: custou R$ 9,7 milhões do Shakhtar Donetsk. Em nove jogos, marcou três gols. Tem uma assistência.

Entre para a Torcida Virtual e convide seus amigos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG