Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Dispensado do Bahia, Jobson não volta ao Botafogo, diz dirigente

Atacante terá que continuar treinando separado do elenco e não pode defender equipes da série A

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

A situação do atacante Jobson ficou complicada após o Bahia ter anunciado o desligamento do jogador , na tarde desta segunda-feira, após recorrentes episódios de indisciplina. Como já atuou em mais de sete partidas pelo clube baiano no Campeonato Brasileiro , o jogador, que pertence ao Botafogo , não pode defender outra equipe na série A deste ano.

Siga o iG Botafogo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

O gerente de futebol do Botafogo, Anderson Barros, deixou claro que mesmo afastado, Jobson só pode encerrar seu vínculo com o Bahia com a autorização do Botafogo. "Não existe a menor chance dele voltar. É a mesma resposta que dei para vocês três meses atrás. E para ele deixar o Bahia, também precisa da nossa autorização", declarou o dirigente.

Entre para a Torcida Virtual do Botafogo e convide seus amigos

Restariam portanto, apenas equipes das séries B, C e D. Porém, como já realizou duas transferências interestaduais, o regulamento da CBF prevê que o jogador só poderá se transferir novamente para defender um time do Rio de Janeiro. A única opção do atacante seria atuar pelo Duque de Caxias, na segunda divisão do torneio nacional, ou na série C, por Macaé ou Madureira, o que não deve acontecer.

Além disso, o resultado do julgamento na Corte Arbitral do Esporte (CAS) sobre o caso de doping do jogador em 2009 será revelado no dia 5 de setembro. Jobson pode ser banido do esporte ou até ter a pena aumentada. Ele cumpriu apenas seis meses de suspensão em 2010.

Leia tudo sobre: BotafogoBahiaJobsonBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG