Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Dirigente reprova Renato Gaúcho: “Ele não manda no Grêmio”

Antônio Vicente Martins desautorizou treinador a buscar reforços para Brasileirão

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

Um dia depois de Renato Gaúcho estipular prazo para a direção do Grêmio contratar reforços, uma crise de relacionamento entre o treinador e a direção se instalou no Olímpico. Primeiro, o assessor de futebol César Cidade Dias reprovou o comportamento do treinador. Depois, o vice de futebol Antônio Vicente Martins aumentou o tom das críticas: convocou uma entrevista coletiva e abusou de ironias, chamadas de atenção e recados ao ex-jogador e ídolo da torcida.

Entre para a Torcida Virtual do Grêmio e convide seus amigos

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

Tudo às vésperas de enfrentar o Botafogo, domingo, no Rio, pela sexta rodada do Brasileirão. Embora admita desgaste, Antônio Vicente Martins disse não cogitar multar ou demitir Renato. O definiu como um “homem de boa fé” que precisa ser “administrado”, afinal, às vezes sente “vontade de rir” com as suas declarações. Porém, fez questão de deixar claro a hierarquia do clube gaúcho:

“Às vezes parece, mas ele não manda no Grêmio. Dirigente dirige e técnico, treina. A direção não precisa receber nada mastigadinho. Estamos no mercado, mas preocupados em ter vestiário mobilizado. O Renato errou. Não é função dele dar tudo mastigadinho para a diretoria, assim como não damos tudo mastigadinho para ele”.

Antônio Vicente Martins reiterou que o clube obedecerá ao orçamento, não contratará ninguém de nível igual aos jogadores do elencou ou que possa impedir o crescimento de jogadores da base. Foi além: disse que o atual grupo tem condições de ser campeão. Mesmo sem novos reforços.

“Temos um bom grupo. Para ser campeão. Reitero. Posso levar pau da torcida. Todo mundo está ganhando em dia. A nossa folha é cara, inclusive com a comissão técnica, uma das mais caras do país, e precisamos ter responsabilidade”, destacou.

Para o dirigente, os recentes problemas de aproveitamento do ataque se devem a lesões de André Lima, Miralles e Leandro – Lins e Junior Viçosa são os titulares. Antônio Vicente Martins disse que o atual grupo é melhor do que o de 2008 vice-campeão brasileiro – comandando por Celso Roth. E comparou:

“O atual técnico do Grêmio está adequado ao nível do nosso grupo”.

Por fim, ao ser questionado sobre o andamento das negociações, brincou:

"Pergunta ao presidente Renato".

Leia tudo sobre: grêmiobrasileirão 2011renato gaúcho

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG