Clube rossonero se interessa em Tevez, mas afirma que, se Cassano não tive sofrido um AVC, o elenco seria mantido

Após perder o atacante Antonio Cassano, que sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e ainda não tem previsão de retorno aos gramados, o Milan vai tentar a contratação de um jogador para o setor na próxima janela de transferências, a partir de janeiro. No entanto, a equipe não pretende abrir os cofres para se reforçar.

Leia também: Diretor da Juventus afirma que não tem interesse em Tevez

"Quem vier para o Milan em janeiro será por empréstimo gratuito, com a opção de compra futura", explicou o vice-presidente do clube, Adriano Galliani, em entrevista ao jornal Gazzetta dello Sport .

O nome que vem sendo mais especulado para se transferir para o Milan é o do atacante Carlos Tevez, que está encostado no Manchester City. Mesmo após uma reunião com o empresário do atleta, Kia Joorabchian, Galliani não demonstrou entusiasmo com a negociação.

"Tevez? Nós vamos ver, ainda há tempo. Se nós não tivéssemos perdido Cassano, manteríamos o elenco como está", explicou o dirigente. Para liberar o jogador por empréstimo, o City estaria pedindo 5 milhões de euros.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.