Atacante Jairo trocou o Botafogo pelo Internacional e disse que não recebeu apoio do clube carioca

Divulgação/Agif
Jairo (à dir.) comemora gol marcado pelas categorias de base do Botafogo
Dispensado pelo Botafogo após ter tido seu contrato finalizado em julho, o atacante Jairo, que acertou transferência para o Internacional , desabafou e revelou estar magoado com o tratamento no clube carioca. Após o treinamento da equipe nesta segunda-feira, no CT de General Severiano, o gerente de futebol do Botafogo, Anderson Barros, comentou a saída do jogador de 19 anos.

Siga o iG Botafogo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

"Foi uma decisão que tivemos que tomar. Não apenas pela parte técnica, mas por questões de contrato. O vínculo dele se encerrava em julho, tínhamos uma série de questões e optamos pelo fato de cada um seguir seu caminho. Não existe briga com o jogador, desejamos sorte, que ele tenha muito sucesso no decorrer da carreira, mas são situações normais do futebol, acontecem todos os dias", declarou Anderson Barros.

Entre para a Torcida Virtual do Botafogo e convide seus amigos

O gerente afirmou que não existiu nenhum problema disciplinar e destacou que o Botafogo vem fazendo um bom trabalho com os jovens das categorias de base. Além disso, ele lamentou o fato do atacante ter reclamado publicamente por não ter permanecido no clube.

"Não houve problema disciplinar. Acho que devemos destacar que o Botafogo vem trabalhando bem, revelando jovens e oferecendo apoio. Temos o Cidinho, Caio, Alex, Lucas Zen, todos no time titular. Além da contratação de jovens, como o Thiago Galhardo, Cortês. Não acho justo falar mal de um lugar onde você não está. Quando você está trabalhando lá, pode reclamar, questionar, mas depois que saiu não concordo", disse o gerente de futebol do Botafogo.

Apesar de ter sido capitão do Botafogo na disputa do Campeonato Carioca de Juniores, quando foi vice-artilheiro da equipe, com nove gols, o atacante estava em seu último ano na categoria. Com poucas chances de aproveitá-lo no time titular, o clube carioca decidiu que não era interessante permanecer com o atleta.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.