Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Dirigente do Olympique de Marselha critica e dá folga a Brandão

Brasileiro se envolveu em polêmica e deve sofrer punição financeira ou suspensão. Time joga nesta sexta

AE |

selo

Acusado de ter abusado sexualmente uma mulher, o atacante Brandão teve o seu comportamento criticado pela diretoria do Olympique de Marselha, que, porém, aceitou o pedido do jogador e lhe concedeu uma semana de folga. O jogador ficará fora da partida contra o Rennes, que será disputada na sexta-feira, e está com o seu futuro no clube indefinido.

"Ele não se comportou como um profissional há poucos dias de um jogo muito importante. Ele nos perguntou se ele poderia descansar uma semana no Brasil com a família, o que eu aceitei em acordo com Jose [Anigo, diretor esportivo do clube] e Didier [Deschamps, técnico do clube]. Vejo você em seu retorno, e discutirei seu futuro no clube", afirmou Jean Claude Dassier, presidente do Olympique de Marselha, ao site oficial do clube.

O dirigente avisou que Brandão será punido assim que retornar ao clube francês. "Ele não está psicologicamente apto para jogar futebol, agora, ele sofreu um choque. Deixe ele descansar e eu vou dizer a ele em seu retorno que seu comportamento não é aceitável quando você veste a camisa do OM [Olympique de Marselha]. Haverá uma punição financeira ou suspensão", disse.

Apesar do descontentamento com Brandão, o presidente do Olympique de Marselha descartou a possibilidade de negociar imediatamente o atacante brasileiro. "Eu sei que na Rússia, ainda se pode fazer transferências, mas parece ilusório. Nós não fazemos essas coisas com pressa", comentou.

Brandão foi libertado pela justiça francesa na quarta-feira, um dia depois de ser preso acusado de abusar sexualmente de uma jovem de 23 anos. Agora, o jogador brasileiro responderá ao processo em liberdade.

Olympique em campo

Tentando esquecer o problema com o atacante brasileiro, o Marselha tem um confronto importante nesta sexta-feira. O atual campeão e quarto colocado do Francês pega o vice-líder Rennes na abertura da 27ª rodada. O confronto será às 17 horas (horário de Brasília), no Stade de La Route de Lorient, casa do Rennes.

O time de Marselha, que soma 45 pontos, vem de derrota em casa na competição e busca se recuperar para voltar a colar nos líderes. Pelo lado do Rennes, a equipe, segunda colocada do torneio com 49 pontos, busca manter o bom momento na competição. No total, o time não sai de campo derrotado há cinco jogos, tendo vencido todos os duelos. Entretanto, a última derrota foi uma sofrida goleada por 5 a 1 para o Sochaux.

Caso vença, o Olympique se mantém na briga e ainda se fortalece para brigar por vagas na Liga dos Campeões da Europa da próxima temporada. Enquanto isto, o Rennes tem chances de terminar a rodada na liderança, caso o Lille não vença sua partida, diante do Valenciennes, no domingo.

Leia tudo sobre: futebol mundialfrançabrandãoolympiquepolêmica

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG