Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Dirigente do Internacional deixa o cargo

Newton Drummond pede para sair da função de diretor executivo. Clube não pretende investir em substituto

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

Newton Drummond, diretor executivo do Inter, deixou o cargo nesta quarta-feira. A informação foi confirmada por Roberto Siegmann, vice de futebol do clube.

Drummond, conhecido como “Chumbinho”, já havia manifestado o desejo de procurar novos desafios desde o ano passado. O Fluminense chegou a sondar o dirigente no ano passado. A função tem sido valorizado nos últimos anos por causa de outros exemplos positivos. Rodrigo Caetano, que trocou o Grêmio pelo Vasco, é um dos profissionais com melhor conceito na área.

Porém, o Internacional não quer pagar “salário de jogador” para um dirigente, e por isso decidiu liberar Drummond para novos desafios. O clube pretende repor a perda com alguém que já esteja dentro do clube. A ideia é não trazer ninguém de fora.

A versão do Inter é que a saída do dirigente não tem relação coma semana conturbada que vive o clube. O vice de futebol Roberto Siegmann atacou a oposição política do Inter, alegando que estariam tentando tumultuar o ambiente do clube. Conselheiros prometeram pedir explicações ao chefe do departamento de futebol.
 

Leia tudo sobre: InternacionalNewton Drummond

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG