Enquanto aguarda julgamento por homicídio, ex-flamenguista treina com a esperança de voltar a jogar

O vice presidente de futebol do Fluminense , Alcides Antunes, disse que o clube das Laranjeiras não tem qualquer interesse no goleiro Bruno, que está preso em Contagem (MG) aguardando julgamento pelo caso Eliza Samudio.

Segundo nota publicada na edição desta sexta-feira do jornal "O Globo", o Fluminense enviou um emissário para conversar com representantes de Bruno.

"Não vou nem responder sobre esse assunto, de tão absurdo", afirmou Antunes, durante o treino desta sexta-feira. "Não existe absolutamente nada disso. O Fluminense está bem servido de goleiros."

Bruno vai a júri popular por homicídio triplamente qualificado, mas vem treinando com bola oficial no presídio Nelso Hungria, em Contagem (região metropolitana de Belo Horizonte), na esperança de conseguir voltar a atuar caso seja inocentado - ou mesmo beneficiado por um habeas corpus antes do julgamento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.