Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Dirigente do Botafogo reclama de adiamento de jogo com o Santos

Anderson Barros destacou que equipe está em duas competições e terá dificuldade em marcar nova data

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

Satiro Sodré/Divulgação AGIF
Caio Júnior não viu tanta desvantagem em adiamento
Pego de surpresa com o adiamento da partida contra o Santos , o gerente de futebol do Botafogo , Anderson Barros, deu entrevista coletiva nesta terça-feira para reclamar da mudança na tabela. Disputando o Campeonato Brasileiro e a Copa Sul-Americana , o time carioca terá poucas datas para realizar a partida. Para o dirigente, o fato de ainda não existir novo dia agendado para o jogo, e da equipe não ter sido consultada, prejudica a programação do Botafogo.

"Queria deixar bem claro que sabemos dos problema de um calendário muito desgastante, mas há planejamento prévio para tudo isso. Alguns times sofrem mais, outros menos, mas o que é complicado é um adiamento de uma rodada cinco dias antes dela acontecer. Além disso, não temos como se organizar para a remarcação, porque ainda não existe a data do jogo", criticou Anderson Barros.

Siga o iG Botafogo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

O pedido de adiamento foi feito pela equipe paulista, que não poderia contar com Neymar, Paulo Henrique Ganso e Danilo , convocados para o amistoso da seleção brasileira contra Gana, na próxima segunda-feira, em Londres. O Botafogo também teria o desfalque do goleiro Jefferson para a partida. Para Anderson Barros, a mudança, se tivesse que acontecer, teria que ter sido informada na época da convocação da seleção brasileira.

"A CBF vai ter que ter muita atenção na remarcação desse jogo. Não fomos consultados para essa mudança. Não teria porque essa decisão estar sendo tomada agora, já que a convocação para a seleção brasileira foi feita muito tempo atrás. Para remarcar teremos que sentar e conversar. A alteração foi feita de uma forma intempestiva. Que sejam organizadas e planejadas as novas datas com o Botafogo", declarou o dirigente do Botafogo.

Entre para a Torcida Virtual do Botafogo e ajude seu time a subir no ranking

Já o técnico Caio Júnior , do Botafogo , não se queixou da mudança no calendário em cima da hora. Para o comandante da equipe carioca, os jogadores terão mais tempo para se recuperarem fisicamente para a partida contra o Ceará , na próxima quarta, às 16h, no Engenhão.

"Fui pego de surpresa, recebi a notícia quando subia para falar com vocês (jornalistas). Sinceramente nesse momento acho melhor nem dar uma opinião. Estou muito preocupado com o jogo contra o Palmeiras. Depois vou pensar, mas procuro ver pelo lado positivo. Teremos uma boa recuperação dos jogadores para enfrentar o Ceará", declarou o treinador da equipe carioca.

Quem também se manifestou foi a Ferj (Federação de Futebol do Rio de Janeiro), que criticou a CBF, alegando que a decisão de adiar a partida cinco dias antes da mesma, prejudica o Botafogo.

Confira a nota completa:

"A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, através do seu presidente, Rubens Lopes, vem a público transmitir insatisfação com a decisão da Confederação Brasileira de Futebol de suspender a partida entre Santos e Botafogo, pela 21ª rodada, do Campeonato Brasileiro, anteriormente marcada para o dia 4 de setembro, no estádio da Vila Belmiro. O motivo alegado para o adiamento - ainda sem data definida – foi o pedido da diretoria do clube santista em decorrência da convocação de três atletas para seleção nacional. A FERJ considera que decisões como essa desequilibram o Campeonato Brasileiro e prejudicam principalmente os clubes cariocas e nesse caso, em especial, o Botafogo. Vale ressaltar que a referida convocação aconteceu no último dia 18 de agosto e o aviso foi emitido a cinco dias da data original do jogo".
 

Leia tudo sobre: BotafogoSantosBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG