Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Dirigente do Americana: "Palmeiras não nos assusta"

Para a partida, técnico Edinho Nazareth poderá contar com o atacante Charles, artilheiro do Paulista, com seis gols

Gazeta |

Preparando-se para o confronto diante do

Palmeiras

, líder do Campeonato Paulista, neste próximo sábado, o Americana deverá manter o time que vem conquistando bons resultados na competição. Dona do terceiro lugar na tabela com 13 pontos somados, a equipe do interior terá a chance de encostar na ponta da tabela, dependendo de si e de outros resultados desta oitava rodada.

O Americana precisa de uma vitória diante do Palmeiras, que jogará com o apoio de sua torcida no Pacaembu, às 19h30 (horário de Brasília), e ainda torcer por um tropeço do Santos, vice-líder do campeonato, que nesta sexta-feira encara o Noroeste na Vila Belmiro, para garantir o segundo posto do Paulistão com os mesmos 16 pontos do líder Palmeiras.

Segundo a diretoria do clube, o Americana tem chances reais de bater a equipe da capital neste próximo sábado. "Nosso time vem motivado, até mesmo porque vem fazendo uma grande campanha no Paulistão, lutando pelo título", explicou Cézar Xavier, gerente de futebol da equipe.

"O fato de jogarmos contra um time grande como o Palmeiras não nos assusta. Eles estão muito bem no campeonato, mas temos que entrar otimistas", continuou Xavier.

Para a partida, o técnico Edinho Nazareth poderá contar com o atacante Charles, artilheiro do Estadual com seis gols marcados, ao lado da dupla santista formada por Maikon Leite e Elano. "O Charles vive hoje uma grande fase no Americana. Confiamos no potencial dele para nos ajudar nessa partida contra o Palmeiras", encerrou o dirigente.

Leia tudo sobre: AmericanaCampeonato Paulista 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG