Francisco Santiago disse que árbitros torcem para o Atlético-MG e sugere favorecimento ao rival

A expulsão do volante Leandro Ferreira no primeiro tempo do clássico entre América-MG e Atlético-MG gerou muitas reclamações do lado americano. Logo depois do jogo, um dos presidentes do clube disparou contra a arbitragem de Igor Benevenuto e sugeriu que os juízes tendem a favorecer o Atlético-MG pois torcem para o clube alvinegro.

Veja a classificação atualizada do Campeonato Mineiro

Francisco Santiago pertence ao Conselho Administrativo do América-MG e detonou o juiz do clássico por conta da expulsão de Leandro Ferreira. "Quando o Escudero fez falta semelhante, ele (juiz Igor Benevenuto) bateu no ombro dele. No primeiro lance contra o América-MG, ele deu sua parcela de contribuição ao Atlético-MG. Não vamos aceitar mais juízes mineiros em clássicos", afirmou o cartola.

Para Santiago, os juízes tendem a favorecer o Atlético-MG pois são torcedores do clube alvinegro. "Todos jogos eles (juízes) tendem a favorecer o Atlético-MG. A maioria dos juízes torcem para o Atlético e quando precisar dar uma mãozinha eles dão", disse o dirigente.

Por fim, Francisco Santiago chamou o juiz de "cego" por conta do lance da expulsão. "Ele disse que o jogador do Atlético estava na direção do gol? Ele é cego então. E cego não pode apitar jogo de futebol. Eles não gostam do América e torcem para os outros clubes. Mas esse moço aí não apita mais jogo do América", concluiu o dirigente americano.

Entre para a torcida virtual do América-MG e comente a expulsão de Leandro Ferreira

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.